sábado, 7 de fevereiro de 2009

Amar é...

Amar é...

Amar você é...
Descobrir galáxias nunca antes sonhadas
Desafiar deuses a me seguir na estrada
Cruzar desertos de muitos sóis
Coberto com o manto da madrugada
Flambar do mar as inquietas águas
Derreter os montes cavalgando rios
De ferventes larvas...

Amar você é...
Ir alem voando astros, domando estrelas
Adentrar a vida pelas fronteiras do mistério
Beber do prazer nos olhos da vida
Colher o néctar de nossas bocas
Dançando um tango com tua língua
Ao som que emana do roçar de peles
Misturando nossos corpos num balé de almas

Amar você é...
Descortinar cada manhã no colo da noite
Ressuscitando em cada orgasmo o medo da morte
Solver o vinho dos sacerdotes em cada taça sagrada
Replicar o bronze em cada torre de igreja
Enunciando ao mundo minha lucidez embriagada
Gritar com todas as vozes do corpo
Ser você meu tudo... Morrer e viver...
... Sem precisar mais nada

(AlexSimas)

Um comentário:

catia-thebest disse...

lobo poeta!!!
lindas suas poesias,amo todassss
parabéns querido que Deus te ilumine cada vez mais
mil beijinhossssssss