terça-feira, 1 de junho de 2010

Quatro Elementos...

Quatro Elementos...

Queria ser AR, brisa, vento que sopra veloz
A espalhar nos campos teu perfume embriagante
Impingindo às rosas a tua sublime essência

Queria ser FOGO, para queimar-te de paixão
Com mil línguas para lamber-te
Um HEPHAESTOS à habitar teu incandescente ser

Queria ser ÁGUA e precipitar-me qual chuva
Em gotas por sobre tua pela ardente
Evaporar e voltar novamente a te molhar...
Num vai e vem constante
Saciando tua sede de amante...
E qual rio caudaloso passear por entre
As curvas sinuosas de teu corpo
Desaguando em teu oceano de prazer...

Queria ser TERRA e debulhar-me em flores
No passear de teus pés de ninfa...
Acolher teu corpo de fêmea em meu leito
Envolvendo-te em meus braços
Saciando-me da fome que te tenho


(AtsoCErdnaxelA)

Um comentário:

Poeta Sideral disse...

Ola Alexandre, gostei dos seus poemas, parabens! Abraco!