terça-feira, 28 de julho de 2009

O livro da vida

O Livro da vida

A vida é feita de muitas historias
E uma historia só começa
Quando outra termina

Algumas historias insistem continuar
Mesmo quando o enredo desgastou-se
Confundem ponto final com o de continuação
E iniciam novo parágrafo com letra maiúscula
Arrastam-se chatas e sofridas
Buscam um final feliz que ficou vários capítulos atrás
Insistem em vírgulas e exclamações
Quando deveriam usar a interrogação
E perguntar-se, por quê?

Historias são assim mesmo, tem vida própria
Nós pensamos que as escrevemos
Mas elas se escrevem sozinhas
A nós cabe apenas pontuá-las

Todos nós desejamos viver uma grande historia
Fazermos de nossa vida um grande livro
Digno de um Best Seller, de um prêmio Nobel
Contudo esquecemos que muitos e bons livros
São compostos de contos, pequenas historias
Com inicio, meio e fim, completas, plenas...
Principalmente quando esses contos misturam
Poesia, humor, romance, tristeza, felicidade, prazer e dor
Cada qual a seu tempo, com seus momentos únicos
Que souberam respeitar a pontuação
Começaram quando deveriam e terminaram idem

A vida não precisa ser uma grande historia
Ela pode e deve ser uma grande coletânea
Composta de muitos e bons contos
Para isso só precisamos aprender a pontuar
E nunca deixar reticências.

(Samisxela)

4 comentários:

intervalo disse...

Bom dia Poeta,feliz domingo prá vc!

A vida não precisa ser uma grande historia
Ela pode e deve ser uma grande coletânea
Composta de muitos e bons contos
Para isso só precisamos aprender a pontuar
E nunca deixar reticências.

sempre bom ler que escreve,beijoss com carinho meu.Lia...

Marli disse...

Boa noite...Hj vim visitar seu blog e adorei as novidades...
Lendo este post sobre o Livro da vida, descobri em mim que adoro reticências... P q será heim? Bem, tvz não seja mto adepta do ponto final...
Uma semana iluminada pra ti...
Bjosssssssss

Mapi disse...

es lindo ,sensivel,um ser maravilhoso.

Cida disse...

Sábias palavras...adorei,talentoso,
escreve com o corpo e a alma!!